Douro: A tempestade perfeita.

Douro: A tempestade perfeita.

Assim num primeiro modo de pensar ou sentir, no repente, uma tempestade nunca é perfeita no sentido...

Trapalhas em S. Bento

Trapalhas em S. Bento

Não se deve louvar quem bem começa, mas sim quem bem acaba, diz o povo e parece que é uma verdade in...

A História sem esquadria

A História sem esquadria

Num daqueles tempos em que uma pessoa sente que pouca coisa tem a fazer com aquele tempo mais à mão...

50 Individualidades do distrito de Bragança  nos 50 anos de liberdade

50 Individualidades do distrito de Bragança nos 50 anos de liberdade

Para memória futura é registado as Individualidades do Distrito de Bragança, que se notabilizaram e...

50 amos de memórias

50 amos de memórias

Todos os povos têm memória e é esse atributo que lhes dá a consistência da sua própria existência co...

O Dia Inteiro e Limpo

O Dia Inteiro e Limpo

Era abril. Quase maio. A primavera como lhe é próprio, fazia florira as giestas e mais tudo o que...

50 anos de abril em 2024, Timor em 1974

50 anos de abril em 2024, Timor em 1974

Crónica 523. 1. Crónica 523. 50 anos de abril em 2024 Pensei seriamente se devia escrever isto, a...

Uma Circum-Navegação Vol.1

Uma Circum-Navegação Vol.1

Crónica 508 Rosário Girão aprecia ChrónicAçores vol. 2, 2011  Crónica 508 Rosário Girão apreci...

Alerta! Perigo iminente na freguesia de Torre de Dona Chama

Alerta! Perigo iminente na freguesia de Torre de Dona Chama

Casas a ruir para a via pública, amontoado de lixo nas ruas, ervas a crescer sem controlo, demonstra...

O mito da Europa sequestrada

O mito da Europa sequestrada

Em tempos de crise e incerteza, seja de uma comunidade, seja de uma nação, ou de um continente, é se...

E se acorda rebentar?

E se acorda rebentar?

O esgrimir da palavra e do conceito de arrogância marcou o início da apresentação do Programa do XXI...

Casino: 8º - encontro inesperado

Casino: 8º - encontro inesperado

- Vê lá bem nas tuas memórias – e fez uma pausa. – Sou o Francisco Miguel de Bragança. Lembras-te de...

A Cidade

A Cidade

Desde que desceu das árvores e deixou de andar “ao Deus-dará” ´ na cata de animais e de frutos silve...

Ele faz acontecer o imaginário!

Ele faz acontecer o imaginário!

António Fontinha, mora dentro das histórias que conta. É um dos pioneiros da nova vaga da narração o...

A Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial

Deus Nosso Senhor nos livre e guarde. Era assim que os antigos de não ainda há muito tempo, diziam q...

Casino: 7º - a reviravolta

Casino: 7º - a reviravolta

Viu que os quadros tinham sido recuperados, assim como outros objetos, embora se tenha perdido o ras...

Como matar lentamente um povo

Como matar lentamente um povo

Se queremos matar lentamente um povo é isolá-lo, desprovê-lo de vias de comunicação eficiente para c...

Contar com o Douro

Contar com o Douro

Com a sugestiva denominação “Contos d’OIRO… ContaDOUROs”, prepara-se a companhia de teatro FILANDORR...