Última hora

Home

Notícias

A engenheira civil Tatiana Sá Marques, de Coimbra,...

Um idoso acamado foi hoje salvo, em Vila Flor, de um...

A fundação ambiental galega Montescola recorreu à...

A Nacional 103, que liga Viana do Castelo a Bragança,...

Deflagrou hoje, 18 de janeiro, por volta das 15:20h, um...

Um homem ficou ferido na sequência de uma travagem de...

A Câmara de Vinhais aprovou por unanimidade duas moções...

Militares da GNR detiveram seis homens com idades...

Um homem, de 76 anos, morreu hoje, 17 de janeiro, vítima...

O município de Vinhais distribuiu, em 2021, 51 mil euros...

Uma denúncia de violência doméstica em Espanha levou à...

Um homem de 24 anos foi detido numa operação de trânsito...

Um homem foi posto em prisão preventiva por suspeita de...

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Terras de Trás-os-...

A primeira equipa de cuidados paliativos domiciliários...

A empresa DouroAzul vai recrutar 100 colaboradores para...

Sabemos bem o quanto tem evoluído as máquinas de jogos....

O município de Miranda do Douro requereu hoje à...

Edição número 44 do Rally Dakar chegou esta sexta-feira...

O diretor-delegado da Fundação Casa de Mateus, Fernando...

Publicidade

Publicidade

Reportagens

Quando se assinalam, a 14 de dezembro de 2021, os 20 anos da classificação do Alto Douro Vinhateiro (ADV) como Património Mundial pela UNESCO, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) recorda alguns dos seus principais enfoques históricos.

A partir de hoje, passados 115 anos sobre a inauguração da Linha do Tua, mais de 80 peças do Museu Nacional Ferroviário em Bragança estão disponíveis online no Google Arts & Culture.

Um homem bom, inteligente e com grande parte da vida repleta de "naufrágios e contratempos", que depois acabaram bem, assim é descrita a vida e obra do artista plástico Nadir Afonso (1920-2013) numa biografia a lançar na quinta-feira, em Lisboa.

Entrevistas

Sobrinho Teixeira em entrevista ao Diário de Trás-os-Montes, no passado domingo dia 12 de dezembro, em direto do Castelo de Bragança, fez um balanço do seu mandato e comentou o convite que lhe foi dirigido pelo PS.

A principal consequência da classificação do Douro Património Mundial da UNESCO foi a “preservação do bem”, afirmou o coordenador da candidatura que se mostrou preocupado com a “desertificação progressiva”.

A pintora Graça Morais transformou “o medo, a angústia e a solidão”, do último ano e meio, em arte que vai mostrar na primeira exposição de inéditos depois da pandemia, no Centro de Arte Contemporânea de Bragança.

Em entrevista dada ao Diário de Trás-os-Montes (DTM), o representante do Movimento Cultural Terras de Miranda, Eng. Aníbal Fernandes, realçou o estado de abandono e de desleixo do poder centro, a EDP em particular, em que deixaram as Terras de Miranda".

"Estou certa de que a ciência aporta valor à cultura, e a cultura aporta valor à ciência. É fundamental esta interligação entre instituições académicas e outras", vincou Aida Carvalho.

Chama-se José Jorge Silva Teixeira e tem 51 anos, é transmontano. É professor de Física e Química do 3.º ciclo do Secundário, no Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, em Chaves, e venceu a 3ª edição do Global Teacher Award 2020 & Teacher Inspiraton Week.