Teresa A. Ferreira

Teresa A. Ferreira

Lídia Praça apresentou: Há lugares de onde nunca mais se volta

...regresso ao meu cantinho, estou de alma cheia. Vim da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro em Lisboa. Dia 8, assisti ao pré-lançamento do 5º título de Lídia PraçaHá lugares de onde nunca mais se volta.

Lídia praça nasceu em Bragança, cidade de onde partiu aos dezassete anos, foi conhecer o mundo e daí recolheu várias experiências que tem gravadas no peito. Em termos de produção literária, brindou-nos com poesia, contos, romance, narrativa e um livro técnico.

Esta última obra divide-se em quatro partes: começa pelas raízes brigantinas "Do meu chão", passa pelas nossas ex-colónias numa viagem de miscigenação entre povos e suas culturas "Do meu peregrinar", volta a casa mais enriquecida e escreve "De regresso a mim", e termina com "Da dissolução". Alguns destes poemas, três ou quatro, foram musicados - têm musicalidade intrínseca. Parece que foram escritos para serem cantados.  

A Casa de Trás-os-Montes encheu-se para assistir ao pré-lançamento, tendo contado com a presença de familiares, amigos e público em geral. 

Coube a Alexandre Faria fazer a apresentação da obra. Depois, vários convidados declamaram poemas e houve ainda lugar a um poema cantado em fado, com acompanhamento musical.

Atualmente, tem em preparação mais um romance que sairá no próximo ano.


© 𝑻𝒆𝒓𝒆𝒔𝒂 𝒅𝒐 𝑨𝒎𝒑𝒂𝒓𝒐 𝑭𝒆𝒓𝒓𝒆𝒊𝒓𝒂, 09-11-2023

   𝙉𝙖𝙩𝙪𝙧𝙖𝙡 𝙙𝙚 𝙏𝙤𝙧𝙧𝙚 𝙙𝙚 𝘿𝙤𝙣𝙖 𝘾𝙝𝙖𝙢𝙖,
   Mirandela, Bragança, Portugal.