Cronicas do autor

O medo dos imigrantes

 23.1.2019 Por todo o mundo, desde há uns anos se intensificaram as manifestações públicas contra im...

Crónica da desesperança

Crónica 130, da desesperança 230 17.1.2019 Telefonaram-me há dias a dizer que liam as minhas crónica...

Dos castelos, das relações humanas e dos muros à la Trump

Crónica 229 dos castelos, das relações humanas e dos muros à la Trump Escreveu em tempos o saudoso (...

Purificação sagrada da língua pelo PAN PETA

Crónica 226 da purificação sagrada da língua pelo PAN PETA  14.12.18 Surgiram em dezembro na comunic...

A culpa é das vacas…Farto do politicamente correto

Crónica 225 A culpa é das vacas…Farto do politicamente correto Desde a década de 1990 quando na Aus...

Abril tem de ser todos os dias,

Crónica 248. Abril tem de ser todos os dias, 2019   25 de abril 1974 em Díli, Timor Português [1]- …...

Titanic global

Crónica 221 Titanic global 15 nov 2018 Esta noite acordei a meio da noite sem luz alguma nem na casa...

A idade das trevas está a chegar

Crónica 219 a idade das trevas está a chegar 27.10.2018 A escolha não é de esquerda nem de direita,...

Votar ou não votar

  Votar ou não votar, em branco, nulo, ou para eleger psicopatas, populistas e outros anormais 23.10...

Sem leitores não há intelectuais

Crónica 215 sem leitores não há intelectuais 16.10.2018 Jürgen Habermas: “Não pode haver intelectuai...

Universos, multiversos e realidades virtuais

Crónica 214 universos, multiversos e realidades virtuais  14 out 2018 Anda meio mundo preocupado com...

Lusofonia na ilha-montanha

Crónica 213 A Lusofonia na ilha-montanha, outubro 2018 O 30º colóquio da lusofonia teve lugar no Aud...

Era uma vez uma fábula rica

Era uma vez uma fábula rica (podia ser em Trás-os-Montes ) Era uma vez uma terra muito rica, muito r...

Haverá futuro?

O dia está belo sem nuvens e estão a caminho dois furacões, a Hélène e Joyce que talvez cheguem no f...

Em memória do natal que não mais volta

Crónica 227 em memória do natal que não mais volta 20.12.2018 Desde tempos imemoriais que natal não...